terça-feira, 12 de junho de 2007

10 de Junho: Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Todos parecem saber que dia 10 de Junho é feriado nacional, mas poucos provaram saber o que se comemora, ao certo. O título deste “post” já responde aos menos esclarecidos, a quem peço que realizem – a título de penitência ;) – as actividades que se seguem. Tamanha falta de consciência nacionalista merece mesmo um esforço de redenção!Por isso, toca a trabalhar!





1. Ouve atentamente o Hino Nacional e completa as lacunas:

_______________ do mar, nobre povo,
_________valente, ____________,
Levantai _____________ de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da ________________,
Ó Pátria sente-se _____________
Dos teus egrégios _____________,
Que ___________ guiar-te à vitória!

_______ armas, ______ armas!
Sobre a ___________, sobre o ______________,
_______ armas, _________ armas!
Pela _____________ lutar
Contra os canhões ______________ , ____________!


2. És um verdadeiro patriota? Para testares o teu índice de nacionalismo, responde às seguintes questões sobre o hino nacional:

1. Quem compôs a música do hino nacional?
a) Rui Veloso;
b) Carlos Seixas;
c) Alfredo Keil.

2. Quem escreveu a letra?
a) Carlos Tê;
b) Fernando Tordo;
c) Henrique Lopes de Mendonça.

3. Qual o título do nosso hino?
a) A Portuguesa;
b) Hino da República Portuguesa;
c) Às armas.

4. Em que século foi pela primeira vez entoada a música do hino?
a) XVIII;
b) XIX;
c) XX.

5. Quando se tornou oficialmente hino nacional?
a) 1910;
b) 1911;
c) 1974.

6. Indica um sinónimo de ‘egrégios’:
a) antigos;
b) ilustres;
c) patrióticos.

7. O que significa esplendor?
a) Glória, magnificência;
b) riqueza, abundância;
c) bandeira, estandarte.

Para apurares a tua pontuação, consulta o Dicionário de Língua Portuguesa e o site do Ministério da Defesa Português (antecedentes do Hino Nacional), onde se apresenta o historial completo do nosso hino:
http://www.mdn.gov.pt/Defesa/Simbolos/Simb_Hino.htm

Agora, descobre os resultados do teste:

Se erraste quatro ou mais perguntas:
Atenção! Pendurar a bandeira portuguesa na janela quando joga a selecção e ter um galo de Barcelos em cima do frigorífico não faz de ti um bom patriota. Para sê-lo, há que conhecer um pouco mais acerca da História, da Cultura e da Língua do teu país, que símbolos como a bandeira e o hino tão bem representam.

Se acertaste quatro ou mais perguntas:
Parabéns! És um verdadeiro patriota, daqueles que não perde uma oportunidade para celebrar, de mão ao peito – e de peito inchado – o valor do povo Português!



E, porque, depois do trabalho, a distracção é bem merecida, proponho-vos que se divirtam com uma anedota sobre esse grande poeta da Literatura Portuguesa que é… que é…


Numa manhã, a professora pergunta a um aluno:
-Diz-me lá quem escreveu Os Lusíadas?
O aluno, a gaguejar, responde:
- Não sei, Sra. Professora, mas eu não fui.
E começa a chorar. A professora, furiosa, diz-lhe:
- Pois então, de tarde, quero falar com o teu pai.
Em conversa com o pai, a professora faz-lhe queixa:
- Não percebo o seu filho. Perguntei-lhe quem escreveu Os Lusíadas e ele respondeu-me que não sabia, que não tinha sido ele...
Diz o pai:
- Bem, ele não costuma ser mentiroso; se diz que não foi ele, é porque não foi. Já se fosse o irmão...
Irritada com tanta ignorância, a professora resolve ir para casa e, ao passar pelo posto local da G.N.R., diz-lhe o comandante:
- Parece que o dia não lhe correu muito bem...
- Pois não! Imagine que perguntei a um aluno quem tinha escrito Os Lusíadas e, respondendo-me que não sabia, começou a chorar.
O comandante do posto retorquiu:
- Não se preocupe. Chamamos cá o miúdo, damos-lhe um "aperto" e vai ver que ele confessa tudo!
Com os cabelos em pé, a professora chega a casa e encontra o marido sentado no sofá, a ler o jornal. Pergunta-lhe este:
- Então, o dia correu bem?
- Ora, deixa-me cá ver. Hoje perguntei a um aluno quem tinha escrito Os Lusíadas. Começou a gaguejar, que não sabia, que não tinha sido ele, e pôs-se a chorar. O pai diz-me que ele não costuma ser mentiroso. O comandante da G.N.R. quer chamá-lo e obrigá-lo a confessar. Que hei-de fazer a isto?!
O marido, confortando-a:
- Olha, esquece. Janta, dorme e amanhã tudo se resolve. Vais ver que, se calhar, foste tu e já não te lembras!...

Afinal, quem escreveu Os Lusíadas?...





Bem, para terminar, e porque 10 de Junho é também o nosso dia, isto é, o dia das Comunidades Portuguesas, não deixem de ver as fotos relativas à celebração da data em Londres, Kennington Park, visitando o site da Comunidade Portuguesa no Reino Unido: http://www.tugas.co.uk/

Até à próxima!

1 comentário:

Tania (ditas) disse...

Hahaha
Sou uma boa patriota!! Nao e' pa todos! xD