segunda-feira, 7 de maio de 2007

Comemoração do dia 21 de Março




Convidados a cozinharem um poema sobre a própria poesia, para saborearmos em conjunto no dia que lhe é dedicado (21 de Março), os nossos aprendizes de poetas serviram-nos um manjar de metáforas, imagens, personificações… As sinestesias e aliterações, como a cereja no topo do bolo, fizeram a delícia dos sentidos!



Texto colectivo


A Poesia

A poesia é uma bailarina
Leve, terna, suave
Como o reflexo da lua
Cintilando tépida
Sobre sílabas em sintonia.

Sons derramados
No papel
Nu
Que se banham nas cores da Primavera,
Que se enfeitam com letras soltas ao vento
Que dançam, que dançam, que dançam.

É esta a sensual valsa da poesia…

Autores: João, Liliana, Nadine, Rute, Sónia, Tânia, Telma
(Haven High Technology College)

À excepção da nossa Sónia, que achou a mistura um tanto enjoativa, todos os comensais (já cá faltava uma palavrinha a pedir uma ida ao dicionário) ficaram com vontade de repetir a dose…

3 comentários:

Tania (Ditas) disse...

Bem… Palavras pra quê?
Gostei muito do blog! Está engraçado e educativo!
A stora conseguiu juntar o útil ao agradável! ( Segundo a Sónia, eu estou aqui a dar graxa, mas olhe que não estou... Desde que se lembre disto quando estiver a dar a nota...)
Hahaha xp

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

stora..ve-se mesmo que a stora nao tem nada pra fazer..eu precebo-a , mas eu quando nao tenhu nada pra fazer nao fazoo nada..
sempre e divertido...pra quem esta habituado xD
agora falando do blog, a stora podia ser mais simpatica, deixou-me uma ma' imagem quando escreveu aquilo sobre mim..mas enfim..nao posso ffazer nada...
desculpa la stora mas nao tinha nada para fazer...